Custos não renováveis

2 posts / 0 new
Último post
Offline
Último Acesso: 5 dias 13 horas atrás
Associou-se: 10/10/19
Custos não renováveis

Ao questionarmos uma contratada sobre os custos não renováveis já amortizados/pagos após o primeiro ano de contrato, tais como: afastamento maternidade; aviso prévio indenizado e trabalhado; ausência por doença; licença paternidade; ausências legais e ausência por acidente de trabalho, a mesma informou que dentre estes custos só ocorreram dois desligamento, um por morte de um colaborador fora do local de trabalho e o outro de um colaborador que estava substituindo um titular que encontrava-se ausente por motivo de doença. Informou ainda que nesta rescisão houve custo de aviso prévio trabalhado. Gostaríamos de saber se rescisão de substituto é considerado ocorrência para que permaneça o custo “aviso prévio” na planilha de custos, ou se este custo deveria ser excluído da planilha, permanecendo somente o custo que tenha dado causa a contratação do substituto, no caso “ausência por doença”.

Offline
Último Acesso: 9 horas 53 minutos atrás
Associou-se: 28/09/17
Talvez precise d + detalhes

Resposta/comentário

É preciso saber a database do sindicato (qual data?), estava em vigor a IN 2/2008?

A planilha da IN 2/2008  não tinha dessa do substituto ter que ser um empregado contratado, poderia ser um diarista. Rescisão do substituto é coisa muito nova.

Sem dúvida você precisa considerar a variação efetiva dos custos, ou seja, a rescisão do titular por morte e o custo das faltas do titular que estava afastado doente, mas até o limite provisionado na planilha. Se o licitante colocou 1,66% de auxílio doença, considere até esse limite.

Provérbios 13:10 Da soberba só provém a contenda, mas com os que se aconselham se acha a sabedoria.